Vantagens e desvantagens da nanotecnologia

Compreender, moldar e combinar matéria em escala atômica e molecular é chamado de nanotecnologia. A nanotecnologia engloba ciência, medicina, engenharia, computação e robótica nesta escala, chamada de nanoescala. A nanotecnologia oferece o potencial para novos e mais rápidos tipos de computadores, fontes de energia mais eficientes e tratamentos médicos que salvam vidas. As desvantagens potenciais incluem perturbação econômica e possíveis ameaças à segurança, privacidade, saúde e meio ambiente.

Vantagens de fabricação

A nanotecnologia já está disponibilizando novos materiais que podem revolucionar muitas áreas da manufatura. Por exemplo, nanotubos e nanopartículas, que são tubos e partículas com apenas alguns átomos de diâmetro, e aerogéis, materiais compostos de materiais muito leves e fortes com propriedades isolantes notáveis, podem abrir caminho para novas técnicas e produtos superiores. Além disso, robôs com apenas alguns nanômetros de comprimento, chamados de nanobots, e nanofábricas podem ajudar a construir novos materiais e objetos.

Vantagens de energia

A nanotecnologia pode transformar as maneiras como obtemos e usamos a energia. Em particular, é provável que a nanotecnologia torne a energia solar mais econômica, reduzindo o custo de construção de painéis solares e equipamentos relacionados. Como resultado, os dispositivos de armazenamento de energia se tornarão mais eficientes. A nanotecnologia também abrirá novos métodos de geração e armazenamento de energia.

Vantagens em Eletrônica e Computação

O campo da eletrônica está definido para ser revolucionado pela nanotecnologia. Os pontos quânticos, por exemplo, são minúsculas células produtoras de luz que podem ser usadas para iluminação ou para propósitos como telas de exibição. Os chips de silício já podem conter milhões de componentes, mas a tecnologia está chegando ao limite; em certo ponto, os circuitos tornam-se tão pequenos que, se uma molécula estiver fora do lugar, o circuito não funcionará corretamente. A nanotecnologia permitirá que os circuitos sejam construídos com muita precisão em um nível atômico.

Vantagens Médicas

A nanotecnologia tem o potencial de trazer grandes avanços na medicina. Nanobots podem ser enviados às artérias de um paciente para limpar bloqueios. As cirurgias podem se tornar muito mais rápidas e precisas. As lesões podem ser reparadas célula por célula. Pode até ser possível curar doenças genéticas corrigindo os genes danificados. A nanotecnologia também pode ser usada para refinar a produção de medicamentos, adaptando-os em nível molecular para torná-los mais eficazes e reduzir os efeitos colaterais.

Efeitos ambientais

Alguns dos cenários futuros negativos mais extravagantes foram desmascarados por especialistas em nanotecnologia. Por exemplo: o chamado cenário "grey goo", em que nanorrobôs auto-replicantes consomem tudo ao seu redor para fazer cópias de si mesmos, já foi amplamente discutido, mas não é mais considerado uma ameaça confiável. É possível, no entanto, que haja alguns efeitos negativos no meio ambiente, pois novas toxinas e poluentes em potencial podem ser criados pela nanotecnologia.

Revolução econômica

É provável que a nanotecnologia, como outras tecnologias anteriores, cause grandes mudanças em muitas áreas econômicas. Embora os produtos tornados possíveis pela nanotecnologia sejam inicialmente itens de luxo caros ou especializados, quando a disponibilidade aumentar, mais e mais mercados sentirão o impacto. Algumas tecnologias e materiais podem se tornar obsoletos, levando à falência de empresas especializadas nessas áreas. Mudanças nos processos de fabricação provocadas pela nanotecnologia podem resultar em perdas de empregos.

Privacidade e segurança

A nanotecnologia levanta a possibilidade de dispositivos de registro microscópico, que seriam virtualmente indetectáveis. Mais seriamente, é possível que a nanotecnologia possa ser transformada em arma. As armas atômicas seriam mais fáceis de criar e novas armas também poderiam ser desenvolvidas. Uma possibilidade é a chamada "bala inteligente", uma bala computadorizada que pode ser controlada e apontada com muita precisão. Esses desenvolvimentos podem ser uma bênção para os militares; mas se caíssem nas mãos erradas, as consequências seriam terríveis.