Regras e regulamentos para banheiros públicos comerciais

Embora as empresas sejam obrigadas a fornecer banheiros para seus funcionários, nem todas as empresas precisam permitir que os clientes usem esses banheiros. Se uma empresa decidir permitir o acesso público, ela deve garantir que as instalações estejam em conformidade com os códigos de encanamento locais e com a Lei dos Americanos com Deficiências.

Número de jogos

Enquanto as leis federais determinam banheiros para uso dos funcionários, as leis relativas aos banheiros públicos são definidas em nível estadual ou local. A maioria dos estados segue regulamentos semelhantes ao Código Universal de Encanamentos ou ao Código Internacional de Encanamentos. Esses códigos descrevem o número mínimo de banheiros e mictórios para tipos específicos de locais.

Por exemplo, uma grande loja de varejo pode exigir um acessório para cada 50 clientes até a ocupação máxima do local, enquanto um restaurante pode exigir banheiros separados em uma proporção de um para cada 75 clientes do sexo masculino e feminino.

Acesso público a banheiros comerciais

Nem todo estado exige que uma pequena empresa abra seus banheiros ao público, embora geralmente seja bom para a reputação de uma loja fazê-lo. Uma empresa em um estado que não requer acesso público pode optar por manter seus banheiros para os funcionários apenas para economizar nos custos operacionais. No entanto, vários estados, incluindo Illinois, Oregon e Texas, aprovaram versões da Lei de Acesso ao Banheiro, um regulamento que exige que uma empresa abra seus banheiros a um cliente com necessidade médica legítima.

Lei dos Americanos com Deficiências

Os banheiros acessíveis ao público devem estar em conformidade com a Lei dos Americanos com Deficiências para garantir que possam ser usados ​​por qualquer cliente. Essas acomodações incluem barras de apoio na parte traseira e lateral dos vasos sanitários, controles de descarga que são facilmente acessíveis e espaço suficiente para conduzir uma cadeira de rodas pelo banheiro. Os edifícios mais antigos podem não ser obrigados a atualizar um banheiro para o padrão ADA, embora modificações prontamente alcançáveis ​​para melhorar o acesso devam ser implementadas.

Identidade de gênero - acomodação

Indivíduos transgêneros podem enfrentar preocupações únicas quando se trata de usar instalações públicas. Embora algumas empresas tenham banheiros unissex, outras não. Algumas empresas têm políticas que permitem que as pessoas usem o banheiro que corresponde à sua identidade de gênero. Às vezes, as leis estaduais ou decretos locais regulam o uso de instalações para pessoas do mesmo sexo.

Outros problemas de banheiro

Um banheiro público pode ser trancado, desde que a chave ou o código de travamento estejam prontamente acessíveis a um funcionário. Os requisitos da OSHA exigem que um banheiro seja mantido limpo e protegido de perigos, como poças escorregadias ou acessórios danificados, e que suprimentos adequados de papel higiênico, sabonete e toalhas de papel - ou secadores de mão elétricos - sejam mantidos. Os códigos de encanamento também exigem partições físicas em locais com vários acessórios para manter a privacidade.