Posições hierárquicas em uma empresa típica

Uma pequena empresa que está apenas começando pode usar uma estrutura organizacional simples, como uma sociedade unipessoal ou parceria. À medida que uma empresa cresce ou se torna pública, ela exige algo mais complexo, tanto por motivos jurídicos quanto para resolver questões de controle. Uma forma hierárquica ou de cima para baixo é uma estrutura possível.

Conselho Administrativo

Um conselho de administração é um grupo de pessoas que controla e às vezes desempenha um papel ativo na gestão dos negócios de uma corporação. Os acionistas de uma empresa aprovam aqueles que ocupam o conselho. Os membros do conselho indicam um presidente que é responsável por liderar o conselho. Uma das decisões mais importantes do grupo é a nomeação dos diretores executivos.

O CEO e outros Diretores Executivos

O CEO, ou CEO, é o responsável final pelo sucesso de uma corporação e é responsável perante o conselho de administração. Todos os outros funcionários de uma empresa são responsáveis ​​perante o CEO. O CEO é responsável por desenvolver metas e políticas gerais, com a ajuda de outros executivos de alto escalão.

Isso pode incluir um presidente ou diretor de operações encarregado das operações diárias, um diretor financeiro que lida com contabilidade e outros assuntos financeiros e um diretor de informações que determina a direção técnica da organização. Esses cargos normalmente exigem educação avançada e muitos anos de experiência em gestão.

Vice-presidentes e diretores

Os vice-presidentes podem seguir outros cargos, como diretor ou gerente executivo. Eles são responsáveis ​​por departamentos que cumprem as principais funções corporativas, como vendas, recursos humanos, marketing, produção, jurídico, pesquisa e desenvolvimento e compras. Eles prestam contas aos diretores executivos acima deles e são responsáveis ​​pelos gerentes e funcionários de seus departamentos. Eles se reúnem frequentemente para garantir que seus departamentos continuem a promover as metas corporativas.

Os vice-presidentes exigem formação avançada e experiência em suas áreas de especialização, bem como habilidades de liderança e organização. Muitos chegam a seus cargos sendo promovidos de níveis técnicos e administrativos inferiores.

Gerentes intermediários e inferiores

Abaixo dos vice-presidentes estão uma ou mais camadas de gerentes que são responsáveis ​​por unidades menores de responsabilidade, como áreas geográficas ou linhas de produtos específicas. Por exemplo, o departamento de vendas pode ter gerentes regionais que lidam com gerentes de estados individuais, que por sua vez são responsáveis ​​pelos vendedores em cidades ou territórios individuais. Esses gerentes estabelecem metas e cotas de vendas, contratam, motivam e demitem vendedores individuais e pesquisam e monitoram as estatísticas de vendas em suas áreas. Os gerentes podem se reportar aos gerentes ou vice-presidentes acima deles, mantendo a responsabilidade pelos gerentes ou funcionários sob eles.

Funcionários regulares e pessoal de apoio

O nível mais baixo de uma hierarquia corporativa pertence aos funcionários, que incluem o pessoal administrativo, técnico e de suporte que executa as tarefas que mantêm uma empresa em funcionamento. Eles representam cargos como secretário, engenheiro, contador, vendedor, representante de atendimento ao cliente, zelador ou treinador. A formação educacional pode variar de um diploma de ensino médio a graus avançados em sua especialidade técnica, com experiência que varia de recém-graduados a décadas. Eles se reportam diretamente aos gerentes acima deles.