Diferença no valor líquido líquido e no valor líquido estimado

O patrimônio líquido é a pedra angular da posição financeira. Em suma, o patrimônio líquido é a diferença entre o valor do dinheiro e dos ativos e o valor do passivo e da dívida. O patrimônio líquido é essencialmente análogo ao demonstrativo de lucros e perdas da empresa. Estabelecer o patrimônio líquido é necessário para empresas que desejam garantir um empréstimo bancário para investimento, expansão ou outras despesas de capital. É também um exercício útil para determinar a saúde fiscal geral da empresa e avaliar o progresso em direção às metas financeiras de longo prazo. Para os profissionais do negócio de arrecadação de fundos, estimar o valor líquido de potenciais doadores de negócios fornece um conjunto de diretrizes para as metas de arrecadação de fundos.

Liquidez

Simplificando, o patrimônio líquido é composto de dinheiro ou ativos que podem ser rapidamente transformados em dinheiro. Os itens dessa categoria incluem contas de poupança e contas correntes mantidas em bancos ou instituições de poupança e empréstimo. Os títulos do Tesouro também são considerados líquidos com base no valor do seu valor presente, e não no valor de face, que reflete o total de juros pagos no vencimento. Alguns investimentos, incluindo ações, títulos e fundos mútuos mantidos sob o nome da empresa também podem ser vendidos rapidamente e são considerados líquidos.

Ativos

O patrimônio líquido vai além da quantidade de dinheiro que pode ser retirada de um caixa eletrônico ou obtida com a venda de fundos mútuos. Levar em consideração a propriedade de bens como imóveis, carros, antiguidades e itens de coleção aumenta o patrimônio líquido individual. Esses ativos não líquidos normalmente incluem as características de depreciação e valorização. A maioria dos carros, por exemplo, tende a se desvalorizar com o tempo e se tornar menos valiosa em termos de cálculo de patrimônio líquido. Por outro lado, as belas-artes tendem a valorizar, ou seja, o proprietário pode projetar um aumento do patrimônio e, portanto, um aumento do patrimônio líquido.

Estimando o patrimônio líquido

Arrecadadores de fundos profissionais que desejam arrecadar dinheiro para organizações de caridade ou outras entidades não têm acesso aos meandros das demonstrações financeiras pessoais. Em um esforço para estabelecer uma espécie de atalho para determinar o potencial de doações de um doador em potencial, pesquisadores da Universidade da Virgínia reduziram o processo de estimativa a uma fórmula simples: o total de propriedades imobiliárias multiplicado por três equivale ao patrimônio líquido estimado. A partir daqui, os angariadores de fundos por UV estimam uma capacidade de doação em 3% do patrimônio líquido estimado.

Construindo Patrimônio Líquido

Aumentar o patrimônio líquido de uma empresa significa que os proprietários empregam práticas fiscais inteligentes desde o início da empresa - e mesmo antes do lançamento da empresa. Isso significa dedicar algum tempo ao desenvolvimento de um plano de negócios para estabelecer metas de monetização e crescimento. Na mesma linha, manter as despesas gerais baixas em termos de custos de mão de obra evitando o excesso de pessoal aumenta os resultados financeiros. Com o tempo, as práticas financeiras geralmente prudentes aumentam o patrimônio líquido da empresa. Em última análise, o maior patrimônio líquido da empresa resulta em um valor mais alto pelo qual a empresa pode ser vendida.