Uma Estrutura Organizacional Hierárquica

As pequenas empresas geralmente crescem o suficiente para que o proprietário precise nomear ou contratar funcionários para supervisionar outros funcionários. Por muitas décadas, a maneira mais fácil de organizar uma pequena empresa era seguir o modelo hierárquico corporativo, que tem diferentes camadas de gerenciamento formando uma cadeia de comando de cima para baixo.

Entender como funciona esse tipo de modelo organizacional e algumas de suas alternativas pode ajudá-lo a escolher a melhor forma de administrar sua empresa à medida que ela cresce.

Modelo Hierárquico Clássico

Por muitas décadas, as empresas tiveram diferentes camadas de pessoal gerenciando umas às outras. No modelo hierárquico clássico, os executivos de alto escalão são conhecidos como “C-Suite” e consistem no diretor executivo, diretor operacional e diretor financeiro (às vezes conhecido como tesoureiro ou controlador). Os executivos tomam as decisões gerais para a empresa.

No sistema de hierarquia, os executivos são chefes de departamento ou diretores. Esses funcionários tomam decisões estratégicas sobre como os departamentos, como marketing, RH, contabilidade ou TI, funcionam.

Os diretores dão instruções, ordens e orientações aos gerentes, que supervisionam os membros da equipe de nível inferior, que são responsáveis ​​apenas por si mesmos no desempenho de suas funções.

Benefícios das hierarquias

De alto a baixo em uma organização hierárquica, todos sabem quem é seu chefe. Você sabe a quem recorrer se tiver um problema ou reclamação. Você só ignora seu chefe direto se o chefe for o problema.

Esse totem de autoridade torna mais fácil para os altos executivos passarem instruções com confiança de que cada nível manterá um olho no desempenho das pessoas abaixo deles, explica o site de carreira Even.

Os funcionários de uma organização hierárquica sabem o caminho para a promoção dentro da empresa, veem o que seu chefe faz no dia a dia e podem se preparar para subir na hierarquia.

Problemas com hierarquias

Se você usar esse tipo de modelo para sua organização, terá mais controle sobre ela porque é o tomador de decisões no topo. No entanto, se você cometer um erro, ninguém tem autoridade para anular sua decisão.

Leva mais tempo para os funcionários de alto escalão se comunicarem com os de baixo escalão e vice-versa devido à necessidade de seguir a cadeia de comando. Em muitos casos, diferentes camadas de funcionários raramente, ou nunca, interagem.

Alternativas para uma estrutura hierárquica

Proprietários de pequenas empresas devem olhar para várias estruturas organizacionais com base no tipo de negócio que possuem: funcionários que trabalham no local ou remotamente, trabalhadores principalmente de uma faixa etária ou a necessidade do proprietário de obter mais informações de uma variedade mais ampla de funcionários.

Estrutura organizacional funcional: em uma estrutura organizacional funcional, cada chefe de departamento reporta-se diretamente ao proprietário da empresa. Isso difere de uma hierarquia, onde os chefes de departamento se reportam a um diretor operacional, que se reporta ao diretor executivo. Você pode ver um organograma funcional em Visual Paradigm.

Estrutura da organização divisional: se sua empresa tem locais separados, especialmente se essas empresas vendem produtos ou serviços diferentes, talvez seja melhor usar uma estrutura organizacional divisional. Cada divisão atua como seu próprio negócio com seu próprio líder. As divisões podem compartilhar alguns dos serviços corporativos, como TI e finanças, ou podem contratar alguns de seus próprios fornecedores, como agências de marketing ou provedores de TI, de acordo com o Business News Daily.

Estrutura de organização plana: uma estrutura de organização plana quase não tem executivos, com cada unidade operando de forma independente. Este é um modelo melhor para startups onde a empresa está envolvida em pesquisa e desenvolvimento e não em produção, vendas, distribuição, atendimento ao cliente ou outras atividades que precisam ser altamente coordenadas, informa Lucidchart. Esse tipo de organização pode funcionar bem para uma organização de consultoria que usa contratados para gerenciar cada cliente individual. Uma organização com funcionários mais jovens que desejam assumir mais responsabilidades rapidamente pode usar esse modelo.