O que é uma estratégia de preços de linha de produtos?

O preço da linha de produto refere-se à prática de revisar e definir preços para vários produtos que uma empresa oferece em coordenação entre si. Em vez de olhar para cada produto separadamente e definir seu preço, as estratégias de preços da linha de produtos visam maximizar as vendas de diferentes produtos criando produtos mais complementares, em vez de competitivos. Se você oferece mais de um produto ou serviço, considere o impacto que o preço de um produto ou serviço terá sobre os outros.

Valor percebido a partir dos preços da linha de produtos

Alguns consumidores querem o melhor produto disponível e estão dispostos a pagar mais por ele, enquanto outros querem apenas um produto básico e compram principalmente com base no preço acessível. A criação de uma linha de produtos que ofereça preços de baixo, médio e alto valor pode levar os consumidores a acreditar que produtos diferentes têm valores diferentes. A empresa terá que oferecer mais recursos em seu produto de ponta para justificar um preço mais alto se todos os produtos forem vendidos com o mesmo nome e no mesmo local.

Como alternativa, a empresa pode vender versões diferentes de um produto semelhante com dois nomes diferentes; um pode ser vendido com embalagem colorida e o outro sem.

Preços de produtos cativos

Algumas empresas vendem produtos em sua linha a um preço baixo para fazer com que os consumidores usem o produto básico e, em seguida, os incentivam a comprar suplementos ou produtos complementares. Por exemplo, a proprietária de um salão de beleza pode oferecer cortes de cabelo acessíveis para que as clientes entrem em sua loja e gastem dinheiro em permanentes, tinturas, tratamentos para as unhas e produtos para os cabelos. Enquanto estão na loja, esses clientes podem fazer compras por impulso no balcão durante o check-out.

Usando líderes de perda

Vender um produto pelo custo ou abaixo do custo para atrair clientes e impulsionar outras vendas é um exemplo de preço de linha de produto. Um restaurante, por exemplo, pode oferecer uma entrada de baixo preço com a compra de uma bebida e sobremesa que têm margens de lucro maiores. Um paisagista pode oferecer um pacote de aeração e ressemeadura no outono a um preço bem abaixo da concorrência para conseguir um contrato de corte de grama no verão.

O efeito dominó sobre os preços

Parte do raciocínio do preço da linha de produtos é que alterar o preço de um produto pode afetar os demais produtos da linha. Por exemplo, se você definir o preço base de seu produto muito alto, poderá perder vendas suficientes desse produto para perder seu lucro bruto total, porque seus complementos e produtos relacionados são onde você obtém suas melhores margens. Se você definir os preços dos complementos muito altos, poderá perder as vendas do seu produto base. Uma babá de animais de estimação, por exemplo, pode aumentar sua taxa padrão para cuidar de animais durante o dia e, conseqüentemente, perder clientes que poderiam tê-la contratado para pernoitar, serviços de higiene ou treinamento.