Como abrir arquivos e programas DLL na Microsoft

Geralmente, se estiver usando o Microsoft Windows, você pode simplesmente executar programas localizando-os no menu Iniciar ou na ferramenta de pesquisa do Windows e clicando neles. Esses programas podem usar arquivos de código compartilhados chamados bibliotecas de vínculo dinâmico ou arquivos DLL, que têm uma extensão .dll, mas geralmente você não executa ou acessa arquivos DLL diretamente. Se você precisar inspecionar ou trabalhar com arquivos DLL por algum motivo, há uma série de ferramentas gratuitas e comerciais para ajudá-lo a fazer isso.

Abrindo programas no Windows

Nas versões recentes do Microsoft Windows até o Windows 10, é relativamente fácil executar o software que você instalou na máquina. Basta clicar no menu Iniciar e percorrer a lista de aplicativos instalados. Você também pode clicar em uma letra nos cabeçalhos alfabéticos da lista para chegar a uma tela de navegação que permitirá que você encontre o programa, selecionando a primeira letra de seu nome, se isso ajudar.

Como alternativa, você pode usar a ferramenta de pesquisa do Windows para localizar um programa, clicando no botão de pesquisa na barra de tarefas do Windows e digitando o nome do programa.

De qualquer forma, ao ver o programa, clique nele para iniciá-lo.

Compreendendo arquivos .DLL

Os arquivos de biblioteca de vínculo dinâmico permitem que vários programas compartilhem códigos de computador para funcionalidades relacionadas. Geralmente, um programa do Windows consiste em um arquivo de programa central, que termina em uma extensão .exe, que significa executável, além de um conjunto opcional de arquivos de biblioteca de vínculo dinâmico .dll que contêm código adicional. (Os arquivos DLL não têm nada a ver com a instituição financeira europeia De Lage Landen).

Geralmente, os aplicativos são fornecidos com os arquivos DLL de que precisam, embora alguns possam instalar os arquivos DLL em um local central do computador que outros aplicativos possam acessar. Isso pode permitir que os aplicativos compartilhem códigos para recursos comuns, como desenho de gráficos ou implementação de recursos de segurança. Isso pode economizar espaço em disco, já que apenas uma cópia do arquivo DLL é necessária no computador de cada usuário, e pode economizar memória e tempo de carregamento, uma vez que os arquivos DLL só são carregados quando aquela parte do aplicativo está em uso.

Os arquivos DLL também podem ser atualizados separadamente do resto do programa, o que pode facilitar as atualizações e correções de bugs. Uma desvantagem é que, se uma DLL for acidentalmente substituída por uma versão incompatível ou excluída, os programas que dependem dela podem ficar impossibilitados de executar repentinamente.

Examinando arquivos DLL

Você pode descobrir fatos básicos sobre um arquivo DLL clicando com o botão direito do mouse no Explorador de Arquivos do Windows e clicando em “Propriedades”. Clique na guia "Versão" para ver as informações sobre qual empresa criou a DLL e qual é a sua versão. Isso pode ser útil para solucionar problemas de compatibilidade ou outros problemas com arquivos DLL.

Se quiser mais detalhes, você pode usar um programa depurador ou desmontador para entender e monitorar o que está acontecendo em uma DLL durante sua execução. Reflector for Visual Studio, IDA e PE Explorer são todos programas que podem ser usados ​​para essa finalidade, embora geralmente exijam alguma experiência de codificação e conhecimento para usar com fluência.

Clique na opção "PE Explorer" no menu de contexto. O arquivo DLL é aberto para visualização com o aplicativo PE Explorer.