Importância dos computadores nos negócios

Os computadores tornaram-se ferramentas essenciais para os negócios. Eles são usados ​​em todos os aspectos das operações de uma empresa, incluindo criação de produtos, marketing, contabilidade e administração. É essencial que os proprietários de empresas reservem um tempo para escolher os computadores, software e periféricos certos para sua organização. Dada a diversidade da tecnologia moderna, de smartphones e tablets a grandes sistemas de desktop, a escolha da melhor tecnologia para sua empresa pode ser assustadora.

Funções do computador empresarial

A maioria dos processos de negócios agora envolve o uso de computadores. Aqui estão alguns deles:

  • Comunicações: As empresas usam computadores para comunicações internas e externas via e-mail, sistemas de mensagens, conferência e processamento de texto.

  • Pesquisa: As empresas podem usar computadores para pesquisar tendências do setor, patentes, marcas registradas, clientes em potencial e concorrentes por meio de mecanismos de pesquisa e bancos de dados proprietários.

  • Produção da mídia: Os computadores agora são usados ​​para produzir diferentes tipos de mídia, incluindo gráficos, vídeo e produções de áudio.

  • Rastreamento e armazenamento de dados: Embora os arquivos de papel contendo documentos impressos ainda estejam em uso, as organizações também armazenam e gerenciam seus dados usando software e a nuvem.

  • Desenvolvimento de produto: Os desenvolvedores usam computadores para criar novos produtos e serviços.

  • Recursos Humanos: Os processos internos de RH e os sistemas de folha de pagamento são gerenciados por meio de software e serviços online.

Usando laptops vs. desktops

Os proprietários de empresas que estão considerando a compra de computadores têm muitas decisões a tomar, incluindo os tipos de computadores que desejam usar em seus escritórios: laptops ou desktops. A popularidade dos laptops aumentou na última década, à medida que sua confiabilidade, potência e desempenho aumentaram, ao mesmo tempo que sua portabilidade melhorou. No entanto, alguns especialistas acreditam que os desktops ainda são uma boa opção para muitas empresas. Aqui estão alguns fatores a serem considerados:

Custo de compra e reparo: Os computadores desktop costumam ser mais baratos, em comparação com laptops que possuem velocidades de processamento e recursos semelhantes. Além disso, os desktops podem ser menos dispendiosos para consertar, pois seus componentes internos são geralmente mais acessíveis.

Tamanho e ergonomia: Os computadores desktop e laptop estão disponíveis em uma variedade de tamanhos. Se o espaço é escasso em seu escritório, reserve um tempo para comparar o tamanho e a forma das máquinas disponíveis. A ergonomia também é um fator: se seus funcionários passarão muito tempo em suas mesas, é importante escolher um sistema que incentive o posicionamento corporal saudável.

Em alguns casos, os laptops podem apresentar maiores desafios ergonômicos, embora possam ser superados com a compra de periféricos, como um monitor separado e acessórios. Esse é especialmente o caso de teclados de sistema, pois os laptops são projetados com teclados mais planos do que os de desktops.

Portabilidade: Onde seus funcionários trabalham? Se você espera que sua equipe esteja em suas mesas a maior parte do tempo, desktops podem fazer mais sentido. Se sua equipe viaja muito, os laptops são a melhor escolha. Em alguns casos, sua melhor opção pode ser comprar uma combinação de máquinas: laptops para as equipes de vendas e promoção e desktops para a equipe administrativa. Lembre-se de que a facilidade de transporte de um laptop apresenta mais um problema de segurança do que os computadores de mesa maiores.

Benefícios da propriedade do dispositivo

Para reduzir custos, algumas empresas agora têm uma política BYOD (Traga seu próprio dispositivo). Os funcionários são incentivados a trazer seus próprios laptops para o trabalho ou, alternativamente, a usar seu próprio dispositivo se estiverem trabalhando em casa. As vantagens desse sistema, principalmente para startups, incluem despesas reduzidas para o empresário, além de permitir que os funcionários usem a máquina com a qual se sentem mais confortáveis ​​para trabalhar.

Ainda assim, essa política tem seus próprios problemas: Nem todos os funcionários podem comprar ou manter laptops ou máquinas de modelos recentes com energia suficiente para executar softwares comerciais. Além disso, existem preocupações de segurança significativas: os sistemas da empresa podem ser vulneráveis ​​a hackers no computador de um funcionário, especialmente se o funcionário se tornar negligente em seus hábitos de navegação, uso de aplicativos de mídia social ou atualização de software de segurança.