As desvantagens dos computadores na força de trabalho

Pode ser difícil encontrar uma empresa de qualquer tamanho em 2020 que não dependa de computadores para fazer, comercializar e vender seus produtos ou serviços. Embora os computadores tornem a condução dos negócios mais rápida e fácil, seu uso pela força de trabalho também pode representar uma série de desvantagens significativas. Compreender as desvantagens do uso do computador no local de trabalho pode ajudá-lo a tomar medidas para minimizá-las e proteger sua empresa.

Forte dependência de dados

Muitas empresas dependem tanto dos computadores que uma perda de energia ou falha do sistema pode ser devastadora. Arquivos valiosos podem ser perdidos, às vezes permanentemente, o que pode ter implicações de longo prazo se os arquivos não tiverem backup em papel ou outros métodos, como backups noturnos automáticos externos ou na nuvem.

Uma empresa orientada para o serviço ao cliente que depende de ser capaz de fornecer respostas rápidas e confiáveis ​​às consultas dos clientes também pode se encontrar em séria desvantagem se perder o acesso ao computador.

Uso Pessoal de Computadores

Os computadores podem criar distrações, especialmente se os funcionários tiverem acesso total à Internet. Em vez de trabalhar, os funcionários podem ser tentados a passar o tempo navegando sem rumo na Web, postando em redes sociais, verificando placares de esportes, enviando vídeos para amigos, jogando ou participando de conversas por mensagens instantâneas. De acordo com a Wisconsin School of Business, os trabalhadores gastam de três horas por semana a 2,5 horas por dia usando a Internet por motivos pessoais durante o trabalho.

As empresas podem precisar pagar despesas adicionais com a compra e instalação de software de filtragem para limitar o acesso de navegação dos funcionários e criar uma lista negra de sites que seus funcionários não têm permissão para visitar. Sua empresa deve trabalhar com seu advogado para criar políticas que limitem o uso de seus computadores às atividades comerciais.

Perigos de hackear

Outro problema com os sistemas de computador no local de trabalho é que muitas pequenas empresas armazenam informações confidenciais dos clientes, como números de cartão de crédito, números da previdência social, informações de contas bancárias e endereços. Se um hacker invadir com sucesso o sistema de computador de uma empresa, ele pode usar as informações para drenar contas bancárias ou fazer cobranças em cartões de crédito.

Na melhor das hipóteses, isso pode criar um pesadelo de relações públicas para a empresa. Na pior das hipóteses, pode tornar a empresa suscetível a ações judiciais, especialmente se não implementar medidas de segurança eficazes, explica a seguradora de negócios Hiscox USA.

Certifique-se de ter o software antivírus e de hacking mais recente em todos os seus computadores. Defina regras estritas para os funcionários com relação ao download de itens em seus computadores para evitar que baixem acidentalmente vírus enviados por e-mails falsos.

Invasão de privacidade

Muitas empresas instituem uma política de monitoramento do uso do computador pelos funcionários para evitar atividades inadequadas ou mesmo ilegais. Em alguns casos, os funcionários são obrigados a assinar um comunicado reconhecendo sua compreensão da política de monitoramento da empresa.

Os funcionários podem ver isso como uma invasão de sua privacidade e apontar para isso como um exemplo de estar sendo vigiado pelo "Big Brother". Também pode criar um dilema ético, contrapondo o direito do funcionário à privacidade ao direito do empregador de se proteger.

Uma maneira de amenizar as avaliações de uso do computador pelos funcionários é fornecer aos funcionários um número anônimo que a equipe de TI verá ao verificar o uso da Internet. Se eles virem que o funcionário nº 22B está navegando na Internet para uso pessoal várias horas por dia, o departamento de TI reporta o funcionário nº 22B à gerência, que lê o relatório e determina se deseja desmascarar o funcionário para fins de disciplina.